terça-feira, 24 de janeiro de 2017

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Não temas



E o Espírito Santo continua nos surpreendendo, assim  como nasce o sol a cada manhã!
Dia desses fui despertada ouvindo a palavra MITZVAH, sabia que era uma palavra em hebraico, sabia como escrever, mas não sabia o significado, então fui pesquisar o que o Espírito Santo estava falando comigo!
Pude saber que o significado ao pé da letra dessa palavra é "MANDAMENTO",
mas ainda sentia que o Senhor queria dizer algo mais, fui então lendo mais sobre o assunto, e descobri que há também uma palavra em hebraico que é o Bar ou Bat Mitzvah, que no judaísmo é uma celebração da maioridade para meninos e meninas assumirem suas responsabilidades quanto aos preceitos e ordenanças de Deus. Para as meninas o bar mitzvah é aos 12 anos, e para os meninos aos 13 anos, isso porque julgam que as meninas amadurecem mais cedo que os meninos. Acho que isso não se aplica apenas para os judeus, mas em todo o mundo.
Bar Mitzvá ( בר מצוה , "filho do mandamento"); e a menina passa a ser Bat Mitzvá (בת מצוה, "filha do mandamento.
Que coisa mais linda é ter intimidade com o Espírito Santo e ter o privilégio de ser despertada de vez em quando com mistérios de Deus para serem revelados! Muitos diriam que isso na psicanálise seria megalomania, mania de grandeza, ou esquizofrenia. Mas eu digo que isso é fé, intimidade e relação de amor com o criador! Quem vive essa intimidade já foi provado o bastante para saber que não são nossos atos de justiça ou bondade que faz com que Deus venha ao nosso encontro; afinal nossos atos de justiça são como trapos de imundície perante o Senhor! Ouvimos o Espírito Santo não porque somos bons, mas porque toda dádiva e dom perfeito vem do Senhor, Ele é quem nos eleje, e anseia por tabernacular conosco!
Mas depois de saber um pouco mais sobre a palavra que me foi selada aos ouvidos, concluí então que o Espírito Santo estava me instruindo sobre cada um de nós, termos uma idade espiritual, ou seja, no mundo natural temos nossa idade natural, mas no mundo espiritual também temos nossa idade espiritual.
E afinal concluí também que chega um momento em que cada um de nós temos que  assumir nossas responsabilidades quanto a cumprir os mandamentos e ordenanças de acordo com nosso crescimento espiritual. No início somos crianças no reino, mas chega o momento da nossa "adolescência espiritual", deixarmos as coisas de criança, e assumirmos que estamos crescendo!

"Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino."  1 Coríntios 13:11

  Chega o momento dos nossos pais espirituais celebrarem o BAR MITZVAH, ou seja, não somos mais crianças, e precisamos celebrar nosso amadurecimento nas coisas concernentes a Deus. Não podemos mais nos esconder atrás de uma imaturidade espiritual, mas assumir que já conhecemos um pouco mais profundamente o nosso Deus!
E ao assumir responsabilidades, assumimos também consequências diante do Criador, e essas vêm se assumirmos ou não! Porque Deus é justo!

"Disse-lhes mais: Ide, comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque este dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força."  Neemias 8:10

No Senhor não somos bebês mais, mas somos um pouquinho mais crescidinhos, não bebemos leitinho mais, mas podemos comer gorduras, doçuras, as doçuras da celebração do BAR MITZVAH da nossa alma, porções próprias de quem adolesce no Espírito Santo! Porque quando alegramos o coração do Senhor, é aí que vem a nossa força!

Ouçam, ouvi e escutai, (SHEMA), e SHEMAR colocai em prática, obedeçam ao Senhor! Busquem mais profundidade, mais gorduras porque dela dependem nosso crescimento do corpo espiritual; e depois provem também das doçuras que não são próprias de bebês, mas próprias dos mais crescidinhos no Senhor!

E ainda falou-me mais o Espírito Santo enquanto relia o rascunho do texto, Ele disse-me assim: E cuida de escrever que muitas vezes quando se trata do crescimento espiritual, acontece dos mais crescidinhos voltarem a ser crianças espirituais; retrocedem, fazendo assim com que haja mais uma vez a necessidade de crescer, amadurecer e celebrar o bar ou bat mitzvah junto do Espírito novamente! 

Não tenha medo! "Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia." Salmos 34:8