quarta-feira, 30 de abril de 2014

"...recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.” Romanos 8:15



Enquanto pessoas dentro das igrejas estão procurando pessoas perfeitas, Jesus está procurando verdadeiros adoradores.
Para trazer essa palavra para luz o porta voz do Senhor normalmente passa por provas de fogo, ele está longe de ser perfeito, mas como a palavra nos diz, não somos perfeitos, e Ele não está preocupado com nossa perfeição, mas está preocupado com o que flui no nosso coração, preocupado com nossa dependência Nele.
Como na história de Jacó quando fugia do seu irmão Esaú no deserto clamou ao Senhor que Ele fosse com ele na jornada que intentava fazer, deitou sua cabeça numa pedra. Na verdade ele repousou sua cabeça na rocha, na palavra e fidelidade de Deus, e teve um sonho, o sonho de Jacó foi assim: Ele viu os céus aberto e viu uma escada, os anjos subiam e desciam.
Enquanto íntimos do Espírito Santo Ele sempre nos coloca para meditar em sua palavra, e enquanto fazia coisas corriqueiras, passando por provas de fogo Ele numa singeleza, num fluir tranquilo de águas mansas, veio até o meu coração e me fez meditar que a visão de Jacó não foi ele subindo a escada, subindo degraus de sucesso, paz, ou outra benção qualquer; mas a visão de Jacó foi que ele via os anjos e subindo e descendo, subiam e desciam para servi-lo, para orientá-lo, para ministrarem em serviço a Jacó. Mas mais interessante é que essa visão de Jacó foi quando ele ainda tinha o nome de usurpador, ele acabara de usurpar o direito de primogenitura do seu irmão e fugia de medo do irmão, pois estava jurado de morte. E para quem conhece essa história, e já leu, sabe que depois Jacó passou por muitas lutas, provas de fogo, foi também enganado pelo sogro, este mudou seu salário por muitas vezes, o explorou, tudo isso serviu para Deus ir forjando o caráter de Jacó. Até que um dia Jacó lutou com o próprio Deus, e durante uma noite inteira. Nessa luta aí sim, o Senhor mudou o nome de Jacó para Israel e disse:pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste.   Gênesis 32:28
Na caminhada do deserto, muitos vão ainda alcançar o momento em que vão lutar com Deus, e este, se deleitando no valente guerreiro, que lutaste e prevaleceste  mesmo nas adversidades; este Deus justo e fiel que é Rei num reino chamado Misericórdia vai mudar o nome de muitos valentes de guerra. Este valente vai receber um novo nome, um nome que muda todas as circunstâncias, muda todo o panorama de vida do guerreiro. Ao invés de ter nome de usurpador terá nome de príncipe e princesa do reino sempiterno.
Assim como Maria Madalena que de pecadora alcançou um amor tão grande pelo seu Senhor, o amou muito, e esse amor fluiu tanto que mais do que o unguento no pote de alabastro, mais precioso que esse unguento foi a unção de amor que passou a habitar seu coração, e ela nos pés de Jesus quebrantou, quebrou seu coração como o pote de alabastro, e se derramou.
Derramou o fluir de amor, de gratidão, de fidelidade e subserviência ao Senhor.
E que todos que passam por perseguições, que enfrentam grandes batalhas com principados, potestades, rejeições no meio do corpo, da igreja, também possam  quebrar seus potes de alabastro, possam derramar o fluir de amor, o fluir de adoração, uma adoração extravagante pelo seu amado, o amado de nossa alma.
E que eu possa me derramar em adoração ao amado da minha alma, da nossa alma!
E como crianças no reino possamos clamar no Espírito, nos libertar do espírito de orfandade, de abandono, de rejeição e nos unir no Espírito de adoção e clamarmos Aba Pai! Porque não recebemos espírito de escravidão, mas recebemos um Espírito de libertação, de autoridade Nele.
“Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.”  Romanos 8:15
Te amo Pai! Te amo Jesus! Te amo Espírito Santo! Seja muito bem vindo no nosso meio! Pois o Senhor continua buscando não pessoas perfeitas, mas verdadeiras em sua adoração! Aba Pai!

Nenhum comentário:

Postar um comentário